12 de nov de 2010

Quero

Hoje levantei da cama, sonhando que você estava dormindo nela . Hoje desenhei na janela embaçada o seu rosto sorrindo. Eu lhe daria tudo o que tenho para tê-lo do meu lado. Você escapa como água entre os dedos, como um grito no vento.
Quero que o tempo pare nesse momento. Quero nesse momento, ouvir sua voz nesse momento, dizendo-me dos dias felizes que ainda não me deu mas terei !
Somos prisioneiros e as jaulas que aprisionam nossos sonhos são as circunstâncias !
Somos o caminho que há no meio entre o fato e o desejo .Somos a distância.

Nenhum comentário:

Postar um comentário