22 de set de 2010

O amor está esperando


No outono sobre o chão, entre o trafego e os sons comuns,eu estou pensando em marcas e fases,enquanto o vento do norte sopra adiante,eu vejo como se amantes passasem por mim histórias andantes, de quems, comos, e porques.Meditando vagarosamente sobre o amor, pensando em você.Darei tempo, darei espaço e esperarei por um encantamento, quando for hora de andar por esse caminho.
Eu estarei esperando por você.O amor está esperando até estarmos prontos, até estar certo.
É a minha prudência, não frieza.Não há outra mão que eu preferiria segurar.O clima muda e eu estou cantando sobre você para estranhos !Não retenha o tempo diminua o passo. Aguente se puder
As apostas estão ficando mais seguras agora !

Eu poderia escrever milhares de canções sobre o jeito que você diz meu nome.
Eu poderia viver uma vida toda com você e depois fazer tudo de novo!E como eu não posso forçar o sol a nascer ou apressar o começo do verão,tambem não devo apressar meu caminho para seu coração !

2 comentários:

  1. e é tão estranho o jeito que esse tal de amor nos deixa

    ResponderExcluir
  2. uau. Sim, eu amei. Só tem alguns errinhos gramáticais básicos, mas mari, eu gostei muitoo ;D
    Parabéns.

    ResponderExcluir